DICAS & NOTÍCIAS

Exames preventivos levam ao diagnóstico precoce do câncer de próstata
Santa Cruz do Rio Pardo, 18 de dezembro de 2017

Apesar de todas as campanhas de incentivo à saúde do homem, o público masculino ainda tem certa resistência à prevenção.  No caso do câncer de próstata, pacientes com histórico na família devem procurar o médico e realizar os exames (PSA-sangue e de toque) após os 40 anos de idade e os demais depois dos 45 anos.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a estimativa é que em 2017 o Brasil totalize 61,2 milhões de casos diagnosticados de câncer de próstata. Só no Estado de São Paulo serão mais de 291 mil registros da doença que, quando se fala em câncer, só não mata mais homens em todo o mundo que o de pulmão.

O médico urologista, Clelio Zanoni Filho, do quadro clínico da Santa Casa de Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo, fala sobre este preconceito e a missão de disseminar a importância dos exames preventivos para evitar tanto o câncer de próstata como as demais doenças.

“Trabalhamos para que o homem se conscientize sobre a necessidade de buscar orientação. Nossa luta é para que o paciente não vá ao médico quando já está com sintomas das doenças e até mesmo agravamento do caso”, explica.

 “O tratamento de uma doença no estágio inicial e avançado é muito diferente. Com o modernização da medicina, muitas vezes não é realizado nenhum tipo de procedimento, mas o acompanhamento, daí a importância do controle da prevenção”, completa o médico.

Além da visita frequente ao médico e realização de exames, também se faz necessária a prática de atividades físicas e adesão aos hábitos saudáveis.

Outro tipo de câncer que merece atenção, pois tem grandes chances de cura, se diagnosticado precocemente, é o de intestino. “Em caso de observação de alteração nos hábitos intestinais, o paciente deve buscar um médico que decidirá sobre a necessidade do exame”, pontua.

O médico urologista, Clelio Zanoni atende no Centro de Especialidades da Santa Casa. Os encaminhamentos são realizados pela Unidade de Saúde. O consultório fica na rua Quintino Bocaiuva, 117, Centro.

Voltar